Meu pet pode ter conjuntivite?

Sim, ainda mais quando pensamos em tempo seco, inclusive essa época do ano, está propicio a esse acontecimento.

Isso ocorre quando a conjuntiva começa a inflamar, e a conjuntiva nada mais é que mucosas das pálpebras, têm uma coloração levemente rosada com a função de proteger os olhos.

Mas não precisamos nos preocupar se ele irá nos contagiar, e também não conseguimos contagiar os nossos pets.

O que não podemos negligenciar são que algumas doenças virulentas, podem ocorrer esses mesmo sintomas, como rinotraqueíte em gatos e cinomose em cães.

E quais sintomas da conjuntivite em cães, que posso observar?

Inchaço, vermelhidão, corrimento, dificuldade em abrir os olhos, e piscar são sintomas da conjuntivite em cães, estes sintomas não devem ser ignorados porque a conjuntivite pode levar a problemas mais sérios e pode levar até cegueira. Então se seu pet está com alguns desses sintomas, não deixe para depois....

E qual o motivo que meu pet pode adquirir esse problema?

. Causa Alérgica;

. Infecciosa;

. Ambiental;

. Ceratoconjuntivite seca;

. Doenças oculares ou sistemicas;

. Glaucoma;

. Doença imunomediada;

. Neoplasia.

Braquicefálicos (animais com fucinho curto) e olhos saltantes e salientes, como pug, shih tzu, lhasa apso, pequinês e maltês, que sofrem de úlceras de córnea constantemente e exigem cuidados mais que especiais, o uso de colar elizabethano auxilia no tratamento. Assim como outras raças, poodle, beagle e bulldog entre outros, também tem predisposição a lágrima ácida ou predisposição a obstrução do ducto nasolacrimal (canal lacrimal).

Posts Em Destaque